Resumão do JBoss In Bossa

12maio10

Neste final de semana (07 e 08/05/2010) ocorreu em São Paulo a conferência JBoss In Bossa do grupo Red Hat. O evento contou com palestrantes do Brasil e de outros países, que ministraram workshops e palestras sobre temas variados. Eu compareci ao evento e vou compartilhar com vocês alguns pontos que achei interessantes, reunindo-os neste post como uma espécie de resumão.

O primeiro dia (sex, 07/05//2010) ficou por conta de duas sessões de workshops que trataram de assuntos diversos. Em cada sessão ocorriam 3 workshops simultaneamente (em salas distintas), logo, uma pessoa só poderia participar de, no máximo, dois workshops. Eu participei do JPA 2 e do JSF 2, que eram os assuntos de meu maior interesse.

Sobre o JPA 2, não há nenhuma novidade que já não tenha sido discutida bastante em outros blogs. O foco do JPA 2 é principalmente a disponibilização da Criteria API, que já existe no Hibernate, porém agora de uma forma muito mais complicada (no JPA 2). Com relação ao JSF 2, também nenhuma carta embaixo da manga. O JSF 2 incorporou a funcionalidade (e facilidade) dos Facelets, além de implementar algumas melhorias que já eram tratadas pelo JBoss Seam Framework.

Apesar dos pesares, estas novas especificações (JPA 2 e JSF 2) deixaram claro para mim o seu real motivo: a modularidade e integração com outras especificações. A especificação guarda-chuva JEE 6 se preocupou com a reestruturacão e integração das “sub-especificações”, oferecendo soluções modularizadas para muitos problemas enfrentados no dia-a-dia do desenvolvimento de aplicações EE. De uma forma geral, as melhorias vieram a calhar.

No segundo dia (sáb, 08/05//2010) foram apresentadas as palestras. A primeira apresentação contou com a presença de Pete Muir, líder da especificação CDI e do JBoss Seam Framework, que falou sobre esses dois projetos. Ele enfatizou que o Seam 3 será totalmente compatível com a JSR-299 (CDI) e suportará ainda aplicações desenvolvidas no Seam 2.

A segunda palestrante, Flavia Rainone, integrante da equipe de desenvolvimento do JBoss AS, apresentou as novidades do JBoss AS 6, que basicamente dá suporte nativo à nova especificação JEE 6. A versão final está prevista para, aproximadamente, daqui a 4 meses (09/2010). Flavia citou a demora no lançamento do JBoss AS 5, justificando a reestruturação de praticamente todo o núcleo do AS. Com relação ao futuro JBoss AS 7, ela disse que o foco será em ferramentas para gerenciamento nativo. Já era tempo!

As palestras posteriores trataram sobre ferramentas do grupo JBoss, tais como: MetaMatrix, BRMS, GateIn, JOPR/JON e Arquillian. As apresentações foram bem interessantes e ao final do evento sortearam um Nintendo Wii, mas eu não ganhei. De uma forma geral, o evento foi bem organizado e atendeu às minhas expectativas. Confira as fotos aqui.

Anúncios


4 Responses to “Resumão do JBoss In Bossa”

  1. 1 rafikdabahia

    Muito legal o post zyc.. é uma pena que para quem anda antenado com as novidades estes eventos sempre são previsiveis..

  2. “Sobre o JPA 2, não há nenhuma novidade que já não tenha sido discutida bastante em outros blogs. O foco do JPA 2 é principalmente a disponibilização da Criteria API, que já existe no Hibernate, porém agora de uma forma muito mais complicada.”

    O do hibernate ou o do JPA? Eu achei o do JPA mais complexo.


  1. 1 Introspectiva 2010 « Cleverson Sacramento

E aí, o que você achou? Comenta aí...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s