Olha como é fácil rodar o Rasea

12jun11

Rasea Server 0.4.0.Final

Na terça-feira passada (07/06/2011) saiu a versão 0.4.0.Final do servidor Rasea. Dentre as novidades, destaca-se a tão esperada compatibilidade com o Tomcat, Jetty e outras versões do JBoss AS. Aproveitei o embalo e fiz um vídeo para mostrar como está cada vez mais fácil instalar e personalizar o Rasea. Confira!

Agora os arquivos de configuração são opcionais. Isso mesmo, você usa o rasea-server.properties se quiser. O processo de instalação agora se resume a copiar o war para a pasta deploy do seu servidor. É só isso!

Ao invés de ficar aqui lendo, assista ao vídeo:

E aí? O quê achou? Deixe sua opinião aí 😉

Anúncios


5 Responses to “Olha como é fácil rodar o Rasea”

  1. Muito bom. Gostei mesmo dessa nova versão do RASEA.
    Com certeza já facilitou e muito a vida aqui

  2. OLha o erro:
    [ERROR] Failed to execute goal on project rasea-server: Could not resolve dependencies for project org.rasea:rasea-server:war:0.4.0.Final: The following artifacts could not be resolved: dom4j:dom4j:jar:1.6.1-brew, com.sun.facelets:jsf-facelets:jar:1.1.15.B1, hsqldb:hsqldb:jar:1.8.0.8-brew: Failure to find dom4j:dom4j:jar:1.6.1-brew in http://repo.rasea.org/maven2/ was cached in the local repository, resolution will not be reattempted until the update interval of repo.rasea.org has elapsed or updates are forced -> [Help 1]

  3. Zyc, Onde eu coloco rasea-server.properties usando o tomcat 7 ???

  4. Achei!!! dentro da pasta WEB-INF/classes


  1. 1 Demoiselle 2 + Rasea « Cleverson Sacramento

E aí, o que você achou? Comenta aí...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s